TRE derruba cassação em primeira instância do prefeito Daniel Sucupira e do vice Éder Detrez Placar foi de 9 a 0 a favor do petista e do democrata

TEÓFILO OTONI – Acabou no final desta quarta-feira (19) o julgamento do processo de cassação da chapa vitoriosa das eleições 2020 na cidade polo do Vale do Mucuri. O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais concedeu provimento ao recurso eleitoral do prefeito Daniel Sucupira (PT) e confirma, em segunda instância, o pleito do ano passado.

O julgamento foi transmitido ao vivo pelo site do TRE-MG. A decisão favorável à chapa Daniel Sucupira e Éder Detrez (DEM) foi unânime pelos desembargadores, com pedido de arquivamento pelo procurador regional eleitoral.

Reverteu

O TRE reverteu a cassação feita pela justiça eleitoral em Teófilo Otoni, no final de 2020. A chapa vencedora das eleições foi cassada por acusação de showmício, então realizado pelo cantor Zannynho, na porta da casa deste, durante a passagem de uma caminhada da campanha de Daniel Sucupira pela rua Rachid Handere, no bairro Vila Betel. Durante o percurso, Zannynho, de posse de um microfone, cantou o jingle da campanha do atual prefeito (inclusive gravado por ele), resultando em cassação – acatando ação judicial da chapa concorrente do Coronel Marinho (Patriotas) e Filipe Costa (PSD).

Agora ainda há outra ação de cassação feita pela justiça eleitoral de Teófilo Otoni para ser julgada pelo TRE. Esta refere-se à contratação de servidores no ano passado pela Prefeitura. Não foi revelado o prazo para este julgamento, porém pode ocorrer ainda neste primeiro semestre.

Fonte: Jornal Diário de Teófilo Otoni